CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

Direitos e deveres dos trabalhadores e das trabalhadoras

Direitos e deveres das entidades empregadoras

Obrigações das entidades empregadoras

Proteção na parentalidade

Calculadora amamentação/aleitação dispensa diária
Calculadora
Amamentação/aleitação
Dispensa diária em caso de
tempo parcial

Conciliação entre a Vida Profissional e Pessoal e Familiar

Diálogo social

Formação

Boas práticas de igualdade no trabalho e no emprego

Disparidades salariais

Relatórios sobre o progresso da igualdade

Anúncios de oferta de emprego x Igualdade de género

Estatísticas

Legislação

Jurisprudência

Documentos estratégicos

Pareceres CITE

Pareceres prévios
Elementos obrigatórios
Horário flexível »
Tempo parcial »

Publicações CITE

Projetos CITE

Internacional

Protocolos

Conferências e eventos

CITE e os média

Centro de documentação on-line

Agendas CITE

Ligações úteis

Vídeos

Destaques

Relatório “Changing Business and Opportunities for Employer and Business Organizations”

Bureau para as Atividades dos Empregadores (ACT/EMP) da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e da Organização Internacional dos Empregadores (OIE)

Segundo o Relatório Changing Business and Opportunities for Employer and Business Organizations da iniciativa do Bureau para as Atividades dos Empregadores (ACT/EMP) da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e da Organização Internacional dos Empregadores (OIE), o maior desafio que as empresas enfrentam diz respeito às competências necessárias para fazer face às rápidas mudanças do mundo do trabalho, obrigando as políticas, as empresas e as organizações de empregadores a inovar, a adaptarem-se e a tornarem-se mais flexíveis.

O relatório assinala cinco tendências que alteram significativamente os modelos de gestão empresarial a nível mundial, independentemente da dimensão, do setor ou da região onde operam, a saber: a inovação tecnológica, a integração económica à escala mundial, as alterações climáticas e a sustentabilidade, a evolução demográfica e geracional e a falta de mão-de-obra qualificada.

O relatório salienta, igualmente, que as empresas não podem isoladamente responder aos desafios, devem procurar soluções coletivamente com o apoio das organizações de empregadores e das associações profissionais.

De acordo com a diretora de ACT/EMP, Deborah France-Massin, «a inovação tecnológica é de longe a tendência com maior impacto, altera a forma como as empresas acrescentam valor aos produtos e serviços. (…) Estima-se que uma maior intensificação da tecnologia aumenta as necessidades em termos de competências ‘humanas’, tais como a criatividade, a capacidade para encontrar soluções, a comunicação e a colaboração».

 

Relatório “Changing Business and Opportunities for Employer and Business Organizations”

Relatório “Changing Business and Opportunities for Employer and Business Organizations”

 

partilhar: FacebookTwitter

voltar »