CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

Direitos e deveres dos trabalhadores e das trabalhadoras

Direitos e deveres das entidades empregadoras

Obrigações das entidades empregadoras

Proteção na parentalidade

Calculadora amamentação/aleitação dispensa diária
Calculadora
Amamentação/aleitação
Dispensa diária em caso de
tempo parcial

Diálogo social

Formação

Boas práticas de igualdade no trabalho e no emprego

Disparidades salariais

Relatórios sobre o progresso da igualdade

Anúncios de oferta de emprego x Igualdade de género

Estatísticas

Legislação

Jurisprudência

Documentos estratégicos

Pareceres CITE

Pareceres prévios
Elementos obrigatórios
Horário flexível »
Tempo parcial »

Publicações CITE

Projetos CITE

Internacional

Protocolos

Conferências e eventos

CITE e os média

Centro de documentação on-line

Agendas CITE

Ligações úteis

Vídeos

Projetos CITE

 

Diálogo Social e Igualdade nas Empresas

EQUALITAS

Duração do projeto: 2005 – 2009
Área de intervenção: Eliminação da discriminação no local de trabalho
Área territorial: Lisboa e Vale do Tejo
Entidade financiadora: Iniciativa Comunitária EQUAL
Entidade interlocutora: Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (Ação: 1, 2, 3)
Entidade parceiras:
C.E.S.I.S. – Centro de Estudos para a Intervenção Social (Ação: 1, 2, 3)
RTP – Rádio e Televisão de Portugal, S.A. (Ação: 1, 2, 3)
APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial (Ação: 2, 3)
UGT – União Geral de Trabalhadores (Ação: 2, 3)
CGTP-IN – Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (Ação: 2, 3)
CCP – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (Ação: 2, 3)
ISCTE – Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (Ação: 2, 3)
IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (Ação: 2)
A. N. E. - Associação nacional das empresárias (Ação: 3)
ADC – Associação para o Desenvolvimento Das Competências (Ação: 3)
CIG – Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (Ação: 3)

Objetivos

O Projeto Diálogo Social e Igualdade nas Empresas propôs-se responder a dificuldades sentidas pelas empresas no reconhecimento e identificação de situações de discriminação em função do sexo e na promoção da igualdade de género, tendo como objetivos:

No Projeto foram criados 6 produtos (4 nacionais e 2 transnacionais) que dão resposta às dificuldades sentidas pelas empresas no reconhecimento e identificação de situações de discriminação em função do sexo e na promoção da igualdade de género. Estes instrumentos permitem através do diagnóstico da situação das mulheres e dos homens na empresa e da elaboração de um plano de ação para a igualdade de género:

A apropriação e incorporação destes instrumentos, irão permitir às empresas integrar a dimensão da igualdade de género nas suas políticas, procedimentos e práticas de gestão dos recursos humanos.

Os instrumentos dirigem-se a realidades empresariais diversas, independentemente da dimensão ou atividade.

Utilizadores/destinatários:

 

Produtos:

Português:

Guia de Autoavaliação da Igualdade de Género nas EmpresasGuia de Autoavaliação da Igualdade de Género nas Empresas
Instrumento de autoavaliação que permite às empresas realizar o diagnóstico das suas políticas e práticas nos domínios da igualdade de género e da não discriminação, conciliação entre a vida profissional e familiar e da proteção da maternidade e paternidade, identificar e propor áreas de intervenção.


Referencial de Formação em Igualdade de Género para Consultores/as e Auditores/asReferencial de Formação em Igualdade de Género para Consultores/as e Auditores/as

Instrumento que possibilita qualificar e sensibilizar consultores/as e auditores/as quanto à temática igualdade de género nas empresas no sentido de incorporarem, estes conceitos no acompanhamento que desenvolvem junto das empresas.


Solucionário – Um Instrumento para a Promoção de Boas Práticas nas EmpresasSolucionário – Um Instrumento para a Promoção de Boas Práticas nas Empresas

Instrumento que integra um conjunto de soluções para empresas interessadas em aprofundar e integrar a igualdade de género e a não discriminação, conciliação entre a vida profissional e familiar, nas suas políticas e práticas empresariais. Resulta de uma metodologia de participação e partilha ativas de e com empresas com práticas bem sucedidas nestas matérias e de empresas interessadas mas com dificuldades neste domínio.



Vídeo Boas Práticas em Igualdade de Género nas Empresas


Eliminação da discriminação no local de trabalho (1.ª parte)



Eliminação da discriminação no local de trabalho (2.ª parte)


Agindo para a Igualdade – Padrões de Qualidade para a Formação em Igualdade de Género e Diversidade na UEAgindo para a Igualdade – Padrões de Qualidade para a Formação em Igualdade de Género e Diversidade na UE

Brochura que define um conjunto de padrões de qualidade relativos à formação em igualdade de género e diversidade.


Princípios para a Implementação bem Sucedida de Medidas de Igualdade de GéneroPrincípios para a Implementação bem Sucedida de Medidas de Igualdade de Género

Abordagem metodológica e conceptual sobre a implementação de medidas de igualdade de género nas empresas e organizações, com ênfase nos princípios considerados necessários para o êxito do processo.

 

Inglês:

Acting pro(e)qualityActing Pro(e)quality. Quality Standards for Gender Equality and Diversity Training in the EU


Principles for the successful implementation of equality measuresPrinciples for the Successful Implementation of Equality Measures (Gender Mainstreaming and Diversity Management) into Enterprises/Organisations


Self-assessment guide on gender equality in companiesSelf-Assessment Guide on Gender Equality in Companies


Solution ManualSolution Manual. A Tool for the Promotion of Good Gender Equality Practices in Companies

 

Mais informações em:
http://www.cite.gov.pt/pt/dsie/index.html
https://siifse.igfse.pt/asp/directorioProjectos/

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince