CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

Direitos e deveres dos trabalhadores e das trabalhadoras

Direitos e deveres das entidades empregadoras

Obrigações das entidades empregadoras

Proteção na parentalidade

Calculadora amamentação/aleitação dispensa diária
Calculadora
Amamentação/aleitação
Dispensa diária em caso de
tempo parcial

Diálogo social

Formação

Boas práticas de igualdade no trabalho e no emprego

Disparidades salariais

Relatórios sobre o progresso da igualdade

Anúncios de oferta de emprego x Igualdade de género

Estatísticas

Legislação

Jurisprudência

Documentos estratégicos

Pareceres CITE

Pareceres prévios
Elementos obrigatórios
Horário flexível »
Tempo parcial »

Publicações CITE

Projetos CITE

Internacional

Protocolos

Conferências e eventos

CITE e os média

Centro de documentação on-line

Agendas CITE

Ligações úteis

Vídeos

1º de Maio - DIA INTERNACIONAL DO TRABALHADOR E DA TRABALHADORA

 

8 de março

DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES

No dia 8 de março de 1857, trabalhadoras de uma indústria têxtil de Nova Iorque fizeram greve por melhores condições de trabalho e igualdades de direitos para as mulheres. O movimento foi reprimido com violência pela polícia. Em 8 de março de 1908, as trabalhadoras do comércio de agulhas de Nova Iorque realizaram uma manifestação para lembrar o movimento de 1857 e exigir o voto feminino e o fim do trabalho infantil.

Em 1910, o Congresso Internacional Socialista ratificou a proposta apresentada por Clara Zetkin na II Conferência Internacional das Mulheres Socialistas, realizada em Copenhaga em agosto de mesmo ano, no sentido de assinalar anualmente um dia internacional das mulheres.

No dia 25 de março de 1911, cerca de 145 trabalhadoras morreram queimadas num incêndio numa fábrica de tecidos em Nova Iorque. As mortes ocorreram devido à precariedade das condições de trabalho.

O Ano de 1975 foi proclamado pelas Nações Unidas como o Ano Internacional das Mulheres, a que se seguiu a Década das Nações Unidas para as Mulheres.

Em Dezembro de 1977, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou uma resolução que proclamou um Dia das Nações Unidas para os Direitos das Mulheres e para a Paz Internacional a ser sinalizado nos Estados Membros, em dia a ser selecionado de acordo com as tradições nacionais de cada país. Para as Nações Unidas o dia é assinalado a 8 de março desde 1975 e é distinguido com uma mensagem do Secretário Geral.

O Dia Internacional das Mulheres simboliza, em todo o mundo, a vontade de conseguir a igualdade entre mulheres e homens a todos os domínios da vida cívica, política, económica, social e cultural.

O link infra visa partilhar, de forma concisa, um conjunto de dados que retratam a situação das mulheres e dos homens no mercado de trabalho em Portugal. As diversas dimensões em destaque evidenciam a realidade nacional no que concerne à (des)igualdade entre homens e mulheres no mundo laboral e podem auxiliar na tomada de decisões e na perceção da importância de alterar comportamentos e atitudes, por parte de todas e de todos nós, num quotidiano evolutivo em que variabilidade e incerteza estão sempre presentes.

 

A Igualdade entre Mulheres e Homens no mercado de trabalho em Portugal

A Igualdade entre Mulheres e Homens
no mercado de trabalho em Portugal

 

De modo a promover e facilitar a formação no domínio da igualdade de género no trabalho e no emprego, contribuindo para a diminuição e resolução dos preconceitos de género nos locais de trabalho e para a integração de valores de igualdade e de diversidade de género, que espelham os princípios da cultura coletiva de homens e mulheres no trabalho e no emprego, a CITE lança nesta data o projeto

Projeto BetterTogether

 

 

partilhar: FacebookTwitter