CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

Direitos e deveres dos trabalhadores e das trabalhadoras

Direitos e deveres das entidades empregadoras

Obrigações das entidades empregadoras

Proteção na parentalidade

Calculadora amamentação/aleitação dispensa diária
Calculadora
Amamentação/aleitação
Dispensa diária em caso de
tempo parcial

Conciliação entre a Vida Profissional e Pessoal e Familiar

Diálogo social

Formação

Boas práticas de igualdade no trabalho e no emprego

Disparidades salariais

Relatórios sobre o progresso da igualdade

Anúncios de oferta de emprego x Igualdade de género

Estatísticas

Legislação

Jurisprudência

Documentos estratégicos

Pareceres CITE

Pareceres prévios
Elementos obrigatórios
Horário flexível »
Tempo parcial »

Publicações CITE

Projetos CITE

Internacional

Protocolos

Conferências e eventos

CITE e os média

Centro de documentação on-line

Agendas CITE

Ligações úteis

Vídeos


CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego assinala Dia da Trabalhadora e do Trabalhador


CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
assinala Dia da Trabalhadora e do Trabalhador

1 de maio é a data em que se celebra o Dia da Trabalhadora e do Trabalhador, recordando o empenho de operárias e operários, inicialmente em Chicago há mais de 140 anos, pelo direito ao limite de oito horas de trabalho diário.

Sinalizando a data, a CITE promove uma campanha que pretende demonstrar que não há profissões só para homens e profissões só para mulheres. As profissões são para Pessoas.

Joana Guerreiro e José Bagulho, respetivamente comandante na aviação comercial e educador de infância de crianças dos 3 aos 5 anos, protagonizaram a campanha do Dia da Trabalhadora e do Trabalhador, a convite da CITE, que pretende enfatizar a responsabilidade coletiva e partilhada enquanto chave para o equilíbrio entre homens e mulheres em todos os domínios da vida.

O acesso das mulheres e dos homens a funções profissionais está relacionado com competências individuais de umas e de outros. Ainda assim, os referidos protagonistas são unânimes em afirmar que continuam a sentir a pressão de não poderem falhar e terem de ser melhores que os e as restantes profissionais do seu setor, para serem aceites, quer pelos seus pares, quer pela sociedade em geral. Há que desconstruir preconceitos associados às profissões.

CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego assinala Dia da Trabalhadora e do Trabalhador

“Cada voo é uma missão, um objetivo cumprido”, é assim que Joana Guerreiro define o entusiasmo que sente pela profissão que escolheu, acrescentando que o espírito de missão e a falta de rotina são um desafio no seu dia-a-dia profissional. Já José Bagulho afirma “tenho o privilégio gigante de poder prolongar a minha paternidade até tão tarde, de poder ser um cuidador até tarde e todos os dias”. Enfatizando que as crianças são todas diferentes, logo os anos e os trabalhos que desenvolve com elas são igualmente distintos e constituem um desafio constante.

“Escolham a profissão por paixão!” É esta a mensagem que quem protagoniza a campanha da CITE deixa a jovens, na escolha de uma profissão para o futuro.

CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego assinala Dia da Trabalhadora e do Trabalhador

Em 2019 o tema “o futuro é entusiasmante” continuará a ser a mensagem para outras efemérides a assinalar pela CITE-Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego, que celebra quarenta anos de atividade no dia 20 de setembro.

#cite40anospelaigualdade

 

partilhar: FacebookTwitter